O Sindicato do Comércio de Contagem e Ibirité (SCCI) oficializou sua filiação à Federação do Comércio de Minas Gerais (FecomércioMG), no último dia 5, durante reunião entre o presidente do Sindicato, Frank Sinatra, a presidente interina da Federação, Maria Luiza Maia Oliveira, e gestores da entidade. Na oportunidade, os representantes de cada setor puderam apresentar as principais ações de suas áreas e conhecer melhor o mais novo sindicato filiado à Fecomércio.

Também presentes na ocasião, o diretor de Programas Sociais, Serviços e Operações do Sesc em Minas, Grijalva Duarte, e o superintendente de Educação do Senac em Minas, Gustavo Guimarães, apresentaram os braços sociais do Sistema. Enquanto Duarte destacou projetos como o “Minas ao Luar”, Guimarães enfatizou como a pandemia acelerou a adesão à educação profissional e superior a distância.

Acompanhado pelo empresário Rony Rezende - diretor da Federação, da CDL-Contagem e do Sincofarma Minas Gerais - Frank Sinatra recordou sua trajetória em favor dos empresários do comércio, destacou os desafios impostos ao setor pela pandemia de Covid 19 e agradeceu as boas-vindas à Diretoria da FecomércioMG. O líder lojista preside também a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Minas Gerais (FCDL-MG) e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Contagem.

Rony Rezende, Diretor da Fecomércio MG e do Sincofarma Minas Gerais; Frank Sinatra, Diretor da
 FecomércioMG e presidente do SCCI,  e Maria Luiza Maia Oliveira, Presidente interina da Federação

 

Entenda a filiação

No dia 27 de outubro, a Diretoria da FecomércioMG aprovou em reunião ordinária a filiação do SCCI. Com a deliberação, a entidade de primeiro grau passa a integrar o quadro de sindicatos empresariais vinculados à Federação, hoje composto por 44 sindicatos filiados e 11 conveniados.

O SCCI foi constituído em dezembro de 1996 para fins de estudo, coordenação, proteção e representação legal das categorias econômicas inseridas no plano da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Assim, representa em âmbito local: o comércio atacadista, o comércio varejista, os agentes autônomos do comércio e o comércio armazenador.

Em Contagem e Ibirité, o SCCI é o representante das empresas perante as autoridades administrativas, judiciárias e demais órgãos do poder público em geral. Com isso, é quem firma nessas cidades convenções e acordos coletivos de trabalho, podendo instaurar ou defender a categoria econômica representada em dissídios coletivos de natureza econômica e social.